barrinhas

quinta-feira, novembro 18

Porque deixar as coisas tão óbvias?

Se quando o Sol brilha
nem ao menos suspira
a quem ele realmente
quer iluminar

Se nem mesmo o céu 
quando chora
Fala de seus motivos

Ou a Lua que
não chega a escolher
o lago que vai se olhar

Se o vento não
consegue encontrar
os ouvidos que ele
vai cantar

E as coisas nunca precisaram
de tanta clareza.
Pois nenhum mundo girou
em torno de nós.

E as nossas vozes sempre serão
mais altas
aonde ninguém possa escutar.

Um comentário:

  1. muito mtuio boa! =D
    acho até que podemos fazer uma música dela...

    ResponderExcluir